ufla

 

 

 

   
  RUSCACEAE
   
 
Classificação Científica

Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Ruscaceae
Gênero: Beaucarnea
Espécie: B. recurvata
'Variegata'
 
Descrição botânica
Família com gêneros antes incluídos em Liliaceae, formada por ervas, arbustos ou plantas arborescentes, lenhosas ou rizomatosas. Folhas de tamanhos e formas diversificados, predominantemente lineares, eventualmente fibrosas, alternas espiraladas ou dísticas, muito raramente opostas ou verticiladas, paralelinérveas. Inflorescência racemosa ou cimosa, com flores pequenas, às vezes vistosas, bissexuadas ou raramente unissexuadas, comumente actinomorfas, diclamídeas homoclamídeas, cálice e corola freqüentemente unidos entre si, geralmente trímeros; estames em número de 6, livres entre si; anteras rimosas, com ou sem nectários septais; gineceu gamocarpelar, tricarpelar, ovário súpero, geralmente trilocular, lóculos freqüentemente pauciovulados, placentação geralmente axial. Frutos do tipo baga, às vezes, cápsula.
 
Ocorrência
Plantas de ocorrência pantropical, com espécies originárias da Ásia, Europa, Índia, México, África e Madagascar, abrangendo aproximadamente 500 espécies distribuídas em 26 gêneros, com várias espécies adaptadas e cultivadas no Brasil.
 
Uso paisagístico
Pelo fato de apresentar formas e tamanhos diversos, através das muitas espécies cultivadas, a família Ruscaceae oferece várias alternativas em todos os planos de jardins, desde as forrações, até os volumes, representados pelos arbustos e plantas arborescentes. Dependendo da espécie ou da idade da planta, poderão ser aproveitadas como elemento de destaque da composição, criando centros de interesse de grande valor ornamental.  São freqüentemente cultivadas em espaços abertos e ensolarados, embora algumas espécies apreciem locais à meia sombra.
 
Gêneros
 
 
Aspidistra, Beaucarnea, Convallaria, Dracaena, Dasylirion, Eriospermum, Liriope, Ophiopogon, Polygonatum, Ruscus, Sansevieria.
 
 
Principais espécies
 
Foto: J. B. Sodré
Dracaena marginata 'Tricolor'
 
Descrição
Arbusto originário de Madagascar, perene, semilenhoso, bastante ramificado com o passar dos anos, de crescimento lento, podendo ultrapassar 4 m de altura. Suas folhas lineares, compridas, agrupam-se na extremidade dos ramos e são de coloração verde escura, com margens discretamente marcadas de vermelho, na espécie original. Existe variedade tricolor (foto acima), com listras longitudinais esbranquiçadas ou rosadas. Multiplica-se por estacas do caule, preferencialmente na primavera / verão.
 
Uso paisagístico
Planta de relevante efeito ornamental, cultivada nos jardins ensolarados, como elemento de destaque da composição, isolada ou em grupos. Indicada também para vasos de interiores em ambientes com boa iluminação. Deve-se retirar sempre, o excesso de folhas, deixando os extremos dos caules mais definidos, no formato de rosetas.
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Dracaena reflexa 'Variegata'
 
Descrição
Planta originária da Índia, Madagascar e Ilhas Maurício, anteriormente conhecida como Pleomele reflexa, perene, semilenhosa, muito ramificada, de crescimento lento, atingindo até 3 m de altura. Folhas lineares, curtas, agrupadas ao longo dos ramos, verdes na espécie original ou variegadas, representada na foto acima, com faixas amareladas nas bordas e verde no centro. Inflorescências terminais, densas, com flores miúdas, brancas, sem valor ornamental. Propaga-se por estacas de ponteiro nas épocas quentes do ano.
 
Uso paisagístico
Espécie indica para locais ensolarados ou à meia-sombra, como exemplar isolado, ou formando grupos em áreas maiores. Usadas também como planta de vasos, produzindo belos efeitos decorativos, notadamente pela forma da planta, bastante entouceirada.
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Beaucarnea recurvata
 
Descrição
Planta originária do México, perene, dióica, robusta, de porte ereto, desprovida de ramificações naturais, atingindo até 4 m de altura. Folhas lineares, muito compridas, coriáceas, áspera nas margens, inseridas em espiral ao longo do caule. Flores pequenas, na cor branca, agrupadas em inflorescência terminal, volumosa, surgindo apenas nas plantas mais idosas. Multiplica-se por sementes.
 
Uso paisagístico
Planta de notável efeito decorativo, requisitada pelo seu porte bizarro, ao mesmo tempo elegante, ideal para compor centros de interesses nos grandes espaços ajardinados, plantada em grupos, a pleno sol. Muito requisitada para vasos quando na idade juvenil.
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Dasylirion acrotrichum
 
Descrição
Planta originária do México, dióica, perene, acaule, de aspecto compacto, devido às inúmeras folhas agrupadas no centro da planta, podendo atingir cerca de 1,5 m de altura. Essas folhas, lineares, com extremidades ressecadas e fibrosas, apresentam margens espinescentes, formando conjunto muito ornamental. Inflorescência ereta, com flores brancas, densa, ocorrendo somente nos exemplares adultos. As mudas são produzidas por sementes que surgem apenas na planta feminina.
 
Uso paisagístico
Planta de notável efeito decorativo, de aspecto exótico, tolerante a locais secos, cultivada a pleno sol, indicada para vasos ou criando grupos isolados. Essa espécie foi introduzida recentemente no paisagismo.
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Ophiopogon jaburan 'Variegata'
 
Descrição
Espécie originária da China e Japão, acaule, perene, rizomatosa, de aspecto denso, atingindo até 50 cm de altura. Folhas lineares, bastante longas, coriáceas, surgindo na base da planta, verdes na espécie típica. A forma variegada, vista na foto acima, apresenta listras brancas sobre o fundo verde, bem mais ornamental. Inflorescência espigada estreita, com flores arroxeadas ou brancas, de importância relativa para o conjunto. Propaga-se pela divisão das touceiras.
 
Uso paisagístico
Planta indicada para bordaduras ou revestimentos de canteiros, cultivada a pleno sol. A forma variegada, frequentemente confundida com a espécie Liriope muscari, é muito mais atraente, sendo por isso, bastante utilizada nos jardins, principalmente em composições contrastantes com outras forrações de cores amareladas, vermelhas ou verde-escuras.
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Ophiopogon japonicus
 
Descrição
Planta originária da China e Japão, acaule, entouceirada, perene, estolonífera, com até 25 cm de altura. Folhas lineares, finas e bastante compridas, na cor verde-escura. Existem variedades de porte menor com folhagem também verde-escura, e outra variegada, de folhas marcadas com listras longitudinais brancas, menos conhecida. Inflorescência despercebida em nosso país. Multiplica-se pela divisão da touceira, praticando a poda de parte da folhagem, antes do plantio.
 
Uso paisagístico
Planta de excelente efeito decorativo quando se quer fazer contraste com espécies de outras cores; inigualável para fazer planos escuros e baixos do jardim. Usada para forrações de espaços amplos ou bordaduras, a pleno sol ou à meia-sombra.
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Sansevieria trifasciata 'Golden Hahnii'
 
Descrição
Planta originária da África, obtida pela mutação da espécie original, perene, acaule, rizomatosa, com cerca de 20 cm de altura. Folhas curtas, coriáceas, espessas, dispostas em rosetas, na cor verde, com faixas irregulares transversais verde-acinzetadas. Existe a forma variegada S. trifasciata 'Golden Hahnii'(foto acima) , com folhas marcadas no sentido longitudinal em verde e amarelo, muito decorativa.
 
Uso paisagístico
Planta rústica, bastante interessante para compor forrações baixas e bordaduras, nos pequenos e médios espaços, podendo ser cultivada à meia-sombra ou sol pleno. A forma variegada produz contraste de excelente efeito decorativo com outras plantas de cores diferentes. Pode ser utilizada também em mini-jardins, jardins rochosos e vasos.
 
Outras espécies
 
Foto: J. B. Sodré
Aspidistra elatior 'Variegata'
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Dracaena draco
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Dracaena deremensis
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Dracaena deremensis 'Lemon Lime'
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Dracaena fragrans 'Massangeana'
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Dracaena godseffiana
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Dracaena goldieana
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Dracaena sanderiana
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Liriope muscari 'Variegata'
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Ophiopogon jaburan
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Sansevieria trifasciata 'Hahnii super marginata'
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Sansevieria trifasciata
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Sansevieria trifasciata 'Bantel's Sensation'
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Sansevieria trifasciata 'laurentii'