ufla

 

 

 

   
  PORTULACACEAE
   
 
Classificação Botânica

Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Caryophyllales
Família: Portulacaceae
Gênero: Portulaca
Espécie: P. grandiflora
 
Descrição botânica
Família frequentemente formada por espécies suculentas, composta, em geral, por ervas, excepcionalmente por subarbustos ou arbustos. Folhas simples, alternas, opostas ou verticiladas, com ou sem estípulas, às vezes, ostentando tufos de escamas finas e membranáceas. Inflorescência cimosa ou reduzida a flores isoladas; flores vistosas, geralmente bissexuadas, actinomorfas, monoclamídeas, cálice dialissépalo ou gamossépalo, petalóide, em número de 4 a 8, comumente protegidas por um par de bractéolas semelhantes a sépalas, prefloração imbricada; estames em número de 4 a 6, às vezes, numerosos, nectários frequentemente presentes; ovário ínfero (Portulaca spp) ou súpero, gamocarpelar, 2 a 3 carpelos, unilocular, pluriovulado, placentação ereta. Fruto do tipo cápsula.
 
Ocorrência
Família cosmopolita, pequena, com cerca de 20 gêneros conhecidos e aproximadamente 400 espécies. No Brasil ocorrem os gêneros Portulaca e Talinum, perfazendo próximo de 30 espécies.
 
Uso paisagístico
No paisagismo são mais frequentes as diversas espécies do gênero Portulaca, conhecidas popularmente por “onze-horas”, plantas utilizadas tanto nos jardins ensolarados, formando canteiros coloridos, ou em vasos e jardineiras, nas mesmas condições de cultivo.
 
Gêneros
 
 
Lewisia, Montia, Portulaca, Portulacaria, Talinum.
 
 
Principais espécies
 
Foto: J. B. Sodré
Portulaca grandiflora "Flore-Pleno"
 
Descrição
Planta herbácea, de hábito prostrado, carnosa, originária do Brasil, cultivada como anual, ostentando ramos delicados e folhas pequenas, cilíndricas, também suculentas. Flores simples ou dobradas, muito decorativas, nas cores branca, amarela, carmim, vermelha ou roxa. A foto mostra uma cultivar “Flore-pleno”, de flores dobradas. Propaga-se por sementes ou estacas de ramos.
 
Uso paisagístico
Planta indicada para jardins ensolarados, produzindo bordaduras ou maciços floridos. Também ideal para uso em jardineiras e vasos suspensos.
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Portulacaria afra
 
Descrição
Planta arbustiva, de consistência carnosa, ereta, ramificada, com até 2 m de altura, originária da África do Sul. Folhas pequenas, suculentas, agrupadas densamente em ramos arroxeados, de aspecto bastante ornamental. Floração pouco percebida, em função do tamanho muito pequeno das flores, na cor esverdeada. Propaga-se por estacas com facilidade.
 
Uso paisagístico
Planta requisitada para espaços de jardins abertos e ensolarados, como espécie isolada ou formando renques à frente de muros, paredes ou grades. Também cultivada em vasos, observando as mesmas exigências de iluminação. Existem variedades de hábito prostrado e variegadas.
 
Outras espécies
 
Foto: J. B. Sodré
Portulacaria afra 'Variegata'
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Portulaca grandiflora "Flore-Pleno"
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Portulaca oleracea
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Portulaca pilosa