ufla

 

 

 

   
  PIPERACEAE
   
 
Classificação Científica

Divisão: Magnoliophyta 
Classe: Magnoliopsida 
Ordem: Piperales 
Família: Piperaceae 
Gênero: Peperomia
Espécie: P. magnoliifolia
 
Descrição botânica
Família representada por herbáceas, arbustos ou pequenas árvores, às vezes com exemplares epífitos ou lianas. Folhas simples, apresentando estípulas ou não, alternas e menos freqüentemente verticiladas, algumas exibindo textura carnosa e rugosa, bastante ornamentais, como ocorre no gênero Peperomia. Inflorescência tipo espiga com raras exceções, terminal, axiliar ou oposta às folhas, como no gênero Piper. Flores pequenas e discretas, sem valor ornamental, bissexuadas ou unissexuadas em plantas monóicas ou dióicas, aclamídeas, junto às brácteas; androceu geralmente adnato ao gineceu, pela base, estames pouco ou numerosos, anteras rimosas; ovário súpero, uni ou tetracarpelar, unilocular, placentação ereta, uniovulado, estigma comumente séssil. Fruto do tipo drupa ou baga.
 
Ocorrência
Família constituída por poucos gêneros, aproximadamente 8, contudo, com grande número de plantas, aproximadamente 2000 espécies, grande parte delas nativa do Brasil (cerca de 500 espécies) principalmente gêneros Peperomia e Piper.
 
Uso paisagístico
Os gêneros Peperomia e Piper são os mais utilizados no paisagismo, apresentando várias espécies cultivadas em canteiros de jardins, geralmente à meia-sombra. Diversas espécies de peperômias são também utilizadas em vasos e jardineiras, nas mesmas condições de iluminação.
 
Gêneros
 
 
Ottonia, Peperomia, Piper, Pothomorphe, Sarcorhachis.
 
 
Principais espécies
 
Foto: J. B. Sodré
Peperomia caperata
 
Descrição
Espécie acaule, ereta, de consistência suculenta, com até 0,25 m. de altura, folhagem de textura muito ornamental. Essas folhas, carnosas, apresentam o limbo profusamente sulcado ao longo das nervuras. Inflorescência formada por espigas bastante longas, sustentando flores na cor branca, sem interesse ornamental.
 
Uso paisagístico
Planta utilizada principalmente em recipientes para interior, ocupando vasos ou jardineiras; no paisagismo seu emprego fica restrito a canteiros em protegidos do sol direto.
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Peperomia obtusifolia "Variegata"
 
Descrição
Planta de porte compacto, semi-suculenta, pouco ramificada, com até 0,30 m. de altura, originária da Venezuela e outras regiões da América do Sul, apresentando folhas decorativas, principalmente nas formas variegadas, largas, de consistência cerosa e pecíolos curtos. A inflorescência, na forma de espigas delgadas, não apresenta importância ornamental. Propaga-se facilmente por divisão, estacas de caule ou de folha.
 
Uso paisagístico
Espécie excelente para formação de maciços ou bordaduras nos pequenos espaços ajardinados, protegidos do sol direto. As formas variegadas são mais requisitadas para criar contrastes claros em meio à folhagem de outras plantas mais escuras. Algumas variedades toleram sol direto, desde que ameno. Planta também utilizada em jardineiras ou vasos.
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Peperomia sandersii
 
Descrição
Planta herbácea, perene, acaule, de ramagem semi-suculenta, com até 0,25 m. de altura, nativa do Brasil. Apresenta folhas decorativas, grandes e largas, um tanto carnosas, com faixas verdes e pratas, partindo do ponto de inserção do pecíolo, bastante longo. Inflorescências espigadas, típicas da espécie, com flores minúsculas e esbranquiçadas, sem apelo visual. Propaga-se facilmente por divisão de touceira.
 
Uso paisagístico
Planta indicada para locais protegidos do sol direto, principalmente em jardins de pequenos espaços, na composição de bordaduras ou maciços. Muito requisitada também para jardineiras e vasos de interior.
 
Outras espécies
 
Foto: J. B. Sodré
Peperomia magnoliifolia "Rubra"
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Peperomia obtusifolia "Aurea"
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Peperomia serpens 'Variegata'
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Piper magnificum
 
 
 
Foto: J. B. Sodré
Piper umbellatum